Para Ler, Ver e Ouvir.

sábado, 11 de janeiro de 2020

Filme #181 – As Aventuras de Tintim (The Adventures of Tintin, 2011)

Descubra até onde essa aventura o levará.

A aventura começa assim que Tintim compra a miniatura de um barco. Sem saber o segredo do objeto, ele e seu cachorro são sequestrados. Presos em um barco, conseguem escapar junto com o capitão e, aos poucos, vão decifrando todos os mistérios. Um filme de Steven Spielberg.

As Aventuras de Tintim (The Adventures of Tintin, 2011)


Uma clássica animação vira um filme 3D nas mãos de Steven Spielberg, junto com Peter Jackson e fez um filme divertido e sensacional, lançado em 2011 baseado na obra criada pelo autor belga Georges Prosper Remi, mais conhecido como Hergé, em 1929. O filme segue a Tintim, uma mistura de jornalista investigativo com aventureiro, que acaba se deparando com a caça a um dos maiores tesouros do mundo após comprar uma réplica do grande Licorne. Se unindo ao Capitão Haddock, neto do capitão do Licorne, ele decide encontrar o tesouro e enfrentar o terrível Sakharin.

Na trama, a curiosidade do destemido repórter e a esperteza de seu cachorro levam os dois companheiros a uma sombria investigação envolvendo uma réplica do misterioso navio Licorne, que desapareceu em alto mar sem deixar vestígios e que esconde um grande segredo. Os mistérios por trás da embarcação despertam não só o interesse do jovem repórter, como também do colecionador Ivan Sakharine, o que logo coloca Tintim e Milu em uma perigosa aventura ao lado do beberrão (e impagável) Capitão Haddock e dos atrapalhados detetives Dupont e Dupond.

As Aventuras de Tintim (The Adventures of Tintin, 2011)

Algo que me chamou a atenção logo no início foi o caráter politicamente incorreto da trama: além do Capitão Haddock beber o tempo todo, o adolescente Tintim porta uma arma e não hesita em utilizá-la. Isso pode até parecer bobo ou normal para alguns, mas tendo em vista que estamos diante de uma animação, é natural que grande parte do público (que, como eu disse no início, não conhece o personagem) seja composto de crianças acompanhadas por seus pais pode estranhar. Eu achei ótimo. E mesmo sendo uma animação, esse filme é a cara de Steven Spielberg. Uma aventura oitentista que tem um pouco de Indiana Jones, Goonies e muitos outros filmes que tem o dedo do gênio. Todo o desenvolvimento do roteiro e movimentos de câmera característico do diretor marcam presença, trazendo de volta aquele Spielberg que se divertia fazendo filmes, por que é essa sensação de diversão que o filme passa para o espectador.

Um filme divertido, bem escrito, recheado de ação e perfeito tecnicamente, que consegue agradar tanto crianças, quanto adultos. Um longa que funciona com perfeição e que não merecia ter sido ignorado no Oscar de 2012. Tintim é um filme muito bom que surgiu do desejo e da união de dois gênios do cinema. Então apreciemos o melhor de Spielberg e Jackson e esperemos ansiosamente pelo segundo filme. Recomendo!
SHARE:

Nenhum comentário

Postar um comentário

Blog Layout Designed by pipdig