Para Ler, Ver e Ouvir.

sábado, 11 de abril de 2020

Na Minha Playlist #260: Keane - Bedshaped

Parece ser duro olhar para frente e parecer tudo tão distante. A todo instante, te pressionam a olhar para trás e ver que tudo poderia ter sido mais forte, menos difícil e até melhor aproveitado. Quando você pensa que já é mais forte do que poderia ser, a vida te puxa pelos pés, te dá um peteleco na orelha e cospe na tua cara e ainda ri da tua cara de susto. E, ao pensar que é demais para aguentar, o próprio orgulho busca um pouco mais. Em todo momento que pensei que era responsável pelo meu próprio destino, percebi que há forças que não me atrapalham, tampouco me ajudam, porém servem para moldar meus objetivos, instituir minha audácia e até instigar meus momentos de loucura. Vi o sol nascer, encontrei motivos para gargalhar enquanto refletia, mas também vivi a cólera dos meus dias e, bestializado, vi o mundo ao redor perder sentido. E tudo por causa da insistência, da minha cabeça dura e, sobretudo, de sentimentos que só eu conheço e só eu mesmo soube alimentar. Já dizia Guimarães Rosa: “O importante e bonito do mundo é isso: que as pessoas não estão sempre iguais, ainda não foram terminadas, mas que elas vão sempre mudando. Afinam e desafinam”. Enquanto canções me compreendem ou me esbofeteiam, enquanto meus livros se entregam ao mofo e a TV fala sozinha, só vou criando coragem para me reconciliar com tudo que já passou e me preparo para desafios novos, esperanças novas. Percebo que o mundo me cobra um pouco mais, que eu posso mais. Tudo está mudando, nem sempre sinto o mesmo, mas eu encontrei um mundo no qual me fechei e deixei de fazer parte disso. Ao fim de tudo, só sei que preciso voltar ao jogo para conhecer as regras, para desobedecê-las ao criar as minhas. Diferentemente da canção de hoje, ainda posso lembrar meu nome. É ele que me vale, pelo menos por enquanto!

Texto que compartilhei junto com a música Everybody's Changing, da banda Keane. Agora compartilho a canção Bedshaped.

Keane

Keane é uma banda inglesa de rock alternativo da cidade de Battle, East Sussex. É formada por Tim Rice-Oxley (compositor, piano, sintetizadores, baixo e vocal de apoio), Tom Chaplin (vocalista, guitarra acústica e elétrica), Jesse Quin (baixo, percussão, guitarra e vocais), e Richard Hughes (bateria, percussão e backing vocals). Sua formação original incluía fundador e guitarrista Dominic Scott, que deixou a banda em 2001.

A canção ''Bedshaped'' faz parte do álbum Hopes and Fears, sendo lançada com single. Alcançou o número #10 no Reino Unido e também se tornou um sucesso comercial na Bélgica, Dinamarca e Holanda. 

Segundo os compositores, a música é sobre sentir que você foi "deixado para trás" por um velho amigo ou amante e espera que você se reencontre um dia para poder viver o fim de suas vidas juntos do jeito que começaram (...) a esperança de que eles acabem querendo fugir das luzes brilhantes e voltar para casa. é uma música triste e com raiva, mas também cheia de esperança. Acho que estou certo ao dizer que, no hospital, quando alguém está doente e tem que passar muito tempo na cama, pode se tornar 'Bedshaped' (tradução: forma de cama). Parece um pouco deprimente (...) mas no contexto da música da pra sugerir velhice e fragilidade. Ouça!


And up we'll go...
SHARE:

Um comentário

  1. Eu conheço bem pouco Keane, só algumas músicas que ficaram mais famosas (e acabaram sendo mais tocadas). Achei bacana a canção! Um abraço. :)

    ResponderExcluir

Blog Layout Designed by pipdig