Para Ler, Ver e Ouvir.

terça-feira, 19 de maio de 2020

Old Is Cool #46: Peter Frampton - Breaking All The Rules

Na #46 postagem do Old Is Cool, temos Peter Frampton com a enérgica “Breaking All the Rules”. Peter Frampton foi um garoto prodígio. Seu primeiro instrumento musical, a guitarra, o fascinou tanto que, já aos oito anos de idade, ele chamava a atenção de todos pelos solos criativos e acordes inspiradores. Criou algumas bandas na adolescência, conseguiu certa fama no meio musical por causa de seu virtuosismo. Frampton chegou ao topo do mundo em 1976, com o lançamento do brilhante álbum duplo ao vivo Frampton Comes Alive! – trabalho que lhe garantiu a venda de 16 milhões de cópias e alguns milhares de dólares na conta bancária. O ano de 76 se tornou tão marcante para o artista que ele foi cotado para substituir Mick Taylor nos Rolling Stones (posto ocupado pelo apenas razoável Ronnie Wood).

Peter Frampton

A canção Breaking All The Rules talvez sintetize tudo o que se espera do bom rock. A composição apresenta uma introdução arrasadora, os acordes de guitarra são simples, bonitos e contagiantes. Analisando com detalhe, notamos que a música, por causa da natureza eclética de Frampton, possui em sua estrutura elementos de outros estilos musicais: o próprio solo de guitarra, belíssimo por sinal, passa pela sutileza do jazz, pelo pop mais elaborado, pelo rhythm-and-blues tradicional e pela ajuda harmoniosa (às vezes fundamental) das notas do teclado. Toca o som!


We are the people one and all
From deliverance to the fall
From the battle and the heat
To our triumph and defeat
SHARE:

Nenhum comentário

Postar um comentário

Blog Layout Designed by pipdig